Concurso dia dos namorados, ganhe prêmios!

Sei que algumas pessoas podem pensar que eu estou ganhando algum ‘jabá’ com esse post, ahhh, quem dera! Mas não estou não, só estou tentando oferecer um conteúdo legal de prêmios e promoções da WEB para os visitantes. Na realidade quem conseguir indicar mais pessoas ganha 2.500 reais em compra, mas eu estou longe disso hehe… Eu cadastrei minha frase la preu ganhar alguma coisa nesse dias dos namorados, cadastra lá a sua! La pergunta: “Qual foi sua maior loucura de amor?”. Ah, quem organiza essa promoção é o zurra!

pz1
Promoção dia dos namorados! Clica nessa imagem aqui!

Tem que se cadastrar logo por a promoção termina no dia 15 de junho. Quais são os prêmios? Leia abaixo, esse texto eu removí direto do regulamento do site da promoção:

10.3. O(a) participante que criar a melhor resposta receberá como premiação um (01) notebook Sony Vaio e aquele que indicar o maior número de amigos receberá como premiação R$ 2.000,00 (dois mil reais) em compras no Zura! da Bnetwork Participações Ltda (Zura!), em uma loja a ser definida pelo site, e divulgado no hotsite da promoção. Contudo, estas indicações só serão contabilizadas caso os indicados completem o cadastro.


5 comentários sobre “Concurso dia dos namorados, ganhe prêmios!”

  1. minha maior loucura foi
    no dia em que agente fez 1ano de namoro
    eu me entreguei pra ele foi muito boom foi o melhor dia da minha vida foi o momento mais feliz da minha vida
    o momento que eu nunca vou esqueçer .
    nao voou conta mentira pra poder ganhar eu estou sento
    cincera pelo menos e tambêm nao vou puxa saco falando mentiras porque eu sou cincera ganhe quem ganhar
    beeeeeeeeeijos e obrigada

  2. Ném acredito que estou dizendo isso, mas no ano passado eu vi uma garota em um aniverssario de um amigo, eu sempre olhava pra ela, mas não tinha coragem de converssar, eu tinha muita vergonha de chegar até ela. O tempo foi passando, eu sempre via ela pelas ruas da minha escola, e fiquei encantado com ela.
    Em uma outra festa que fui foi na festa da cidade, eu vi ela passando por mim, mas ela ném olhava, até que eu começei a beber com os amigos, depois de um certo tempo já no fim da noite, eu travado bebado, fui converssar com ela, no meio da converssa eu comessei a expressar meu sentimento dizendo o que sentia por ela, ela entrou nesse mesmo assunto e começou a falar que mim amava também, i eu perguntei porque ela nunca me disse isso, ela respondeu que não tinha coragem de falar, igual a mim. rsrsrs a partir dai nós comessamos a namorar e estamos juntos até hoje.
    TA VENDO? QUANDO VC GOSTAR DE ALGUÉM, FALE, TALVEZ ESTEJA PERDENDO TEMPO D+.

  3. Férias!!! Até que enfim férias! Minhas últimas! Sem aulas, sem plantões, viagem marcada…tudo certo! Ãhn? Deu tudo errado? Tudo bem! Não vou viajar mais… beleza! Fica pra próxima! Mas plantão? Nem pensar!! Preciso descansar!
    Sexta-feira… telefone… Ah! Tá brincando! São 17h! Tudo bem! Às 20h no hospital!

    Do outro lado… uma festa com os amigos… normal! Sexta… amigos… bebida… Mas, peraí! Tudo deu errado!! Acabou da pior forma possível! Será?

    Tudo errado de um lado… tudo errado de outro… Parece que Deus foi mais teimoso que os dois cabeçudos que não queriam de jeito nenhum se encontrar, né?
    Pronto! Não teve jeito! Fomos obrigados a cruzar nossos caminhos…
    Eu, de férias, tendo que fazer plantão, ele, saindo de uma festa capota o carro e é lançado para fora. 5h15min da manhã de um sábado sou chamada para atender cinco vítimas de um mesmo acidente, duas mortes, dois ilesos e um gravemente ferido. E ali estava eu, sem saber, a frente do amor da minha vida, gravemente ferido, que, diante de qualquer falha, jamais o conheceria. Não falhamos! E assim, tive a oportunidade de saber um pouco mais da história daquele paciente que há poucas horas tinha quase perdido a vida.
    Conversa vai… conversa vem… uma resposta ríspida aqui… uma gracinha ali.
    Plantão sábado… domingo… como assim? Deram alta? Mas não tive tempo nem de me despedir!
    E… só um pouquinho… o que que eu quero tanto saber desse guri? Já fiz minha parte! Deu! Não, não foi alta! Tá lá em cima! Ufa!!!
    Plantão segunda, terça… entro no quarto e sou recebida com o sorriso mais lindo do mundo, o olho mais brilhante que já vi e um – Lá vem a doutora mais linda, mais querida, mais maravilhosa do mundo!!!
    Tô indo embora, mas amanhã eu volto… meu último! Depois tiro férias!
    Como assim? Férias? Tu não vens mais?? Pedi até teu telefone pro pessoal aí… queria saber porque estava doendo meu braço!
    E agora?? Meu telefone?? Ai meu Deus!!! Amanhã tô aí… a gente se fala!
    E a cabeça fervilhando… não posso! Tô viajando! Tá Priscila, deu!!! Não… não deu nada!!
    Outro dia… outra recepção maravilhosa…. frio na barriga… Putz! Já era!!!! De novo aquele sorriso me esperando… conversas intermináveis… vontade de morar ali… nunca mais sair…
    Tudo bem… vou te deixar meu telefone, mas só pra ficar sabendo como acabou toda essa história, tá bom? Telefone, Orkut, MSN… endereço… CORAÇÃO! Sim! Deixei meu coração com ele e fui!
    Mensagens… ligações… mais mensagens…
    Pri, não sei no que vai dar… Acho que já deu, né?
    Outro país… saudade! Muita, muita, muuuuuuuita saudade!!!!
    Ligações intermináveis, mensagens… queria que tu tivesse aqui…
    Contar os dias… Tem uma surpresa aqui pra ti!!! Surpresa??? Ai meu Deus!!!!
    Pronto!!! Chegou o dia!!!! Tô quase aí! Tô chegando!!
    Boa noite… Oi amor da minha vida!!! (Putz! De novo! Aquele sorriso!) Viu a surpresa? Não! Vai correndo lá então! Mas… deixa a bolsa aqui! Garantindo tua volta!
    Flores! Rosas vermelhas! Muitas! Lindas! E um cartão… espetacular!!! Incrível!!! Não vale chorar, né Pri?? Ai… e agora?? Segura Priscila!! Só respira!
    Tá! Tá bom! Acho que já era mesmo!! Pronto! Beijo, o mais maravilhoso e mais especial de todos os beijos… o primeiro… o nosso primeiro! Mas parecia o primeiro da vida! O primeiro e único beijo que eu quero guardar pro resto da vida! O beijo daquele pelo qual esperei muuuuito tempo! O beijo do homem da minha vida!
    Separa de novo! Putz! Volta pra casa, telefone (insegurança, medo da velocidade das coisas, conversa, canta, chora…). Amor! Me opero amanhã!! De novo no hospital, plantão, fico contigo! Telefone toca e… Pronto!! Acabou! Tô em casa! Que ótimo! Agora começa efetivamente a mais linda história de amor que alguém pode tomar conhecimento: a nossa história, da nossa casinha, dos nossos filhos, da nossa família… até daqui 90 anos. Pouco tempo e uma história imensa… esses somos nós!
    Exagero? Será? Duas pessoas que se completam tanto, que parecem feitas uma pra outra em todos os sentidos… Planos iguais… Expectativas, tentativas, pensamentos e… quem diria? Até as mesmas frases!! Não! Com plena certeza posso dizer que não é exagero! Foi rápido, tudo bem, mas dizem que o verdadeiro amor é assim mesmo: não tem hora nem lugar marcado e, quando chega, a gente reconhece de cara!

    Bom, deixei aqui registrado um pouquinho da gigantesca história que o destino nos reservou… hoje, passado um ano, completamente recuperado do acidente e a caminho de nos tornarmos médicos estamos completamente felizes e certos de que tudo, tudo vai ser pra sempre!

Deixe um comentário